Teatro

Brinque com as crianças em casa no Dia das Mães


Com a aproximação do Dia das Mães temos muitas coisas muito importantes para preparar: uma bela poesia cheia de amor para escrever em um lindo cartão, um plano para fazer em família, um detalhe muito especial ... O que você acha se esse presente não é nada menos que uma pequena peça que você pode fazer em casa com as crianças?

Mas não qualquer peça, mas uma peça tão original em que os pequenos da casa são os grandes atores e os pais os espectadores. Se gostou da ideia, não perca que o roteiro da curta peça 'O chapéu mágico colorido' começa aqui. Dedicado, com muito carinho, a todas as mamães do mundo.

O que você vai fazer este ano para comemorar o Dia das Mães? Certamente sua resposta inclui passar um tempo com sua família, comendo algo delicioso e desfrutando de todos aqueles detalhes maravilhosos que só crianças sabem fazer. E se à lista adicionarmos o poder ver uma peça? Propomos o roteiro e você já incentiva seus filhos a interpretarem grandes atores.

Descrição da peça: era uma vez crianças que gostavam muito de brincar juntas, claro, quem diz que brincam também diz que brigam e discutem. Um belo dia, um deles descobre um chapéu colorido mágico que tem o incrível poder de dizer a eles o que mamãe faria em seu lugar. O enredo desta obra chamou sua atenção? Bem, espere para ver como isso continua!

[Leia +: histórias sobre mães para o dia das mães]

Personagens: Paula, Marcos e Adrián no papel de três irmãos travessos. Você pode adaptar o trabalho ao seu gosto para incluir mais ou menos personagens.

Lugar onde a ação acontece: uma casa.

Material necessário para a encenação: brinquedos, um boné colorido (você pode fazer em casa com as crianças) e eu quero muito dar à mamãe essa brincadeira divertida.

Para esta cena vamos colocar o chapéu que preparamos dentro do armário. As três crianças são vistas na sala pensando no que brincar.

Paula: E se sairmos para o pátio?

molduras: Não estou com vontade, está calor e não estou com o boné.

Adrian: Prefiro brincar de esconde-esconde, quem se inscreve?

Paula: Outra vez não!

molduras: Bem, eu quero brincar de esconde-esconde.

Paula: Claro, e agora você está do lado deles. Bem, estou indo. (Ela sai furiosa da sala)

Adrian: Se não jogarmos o que ela quer, ela fica com raiva.

molduras: É verdade, mas é mais divertido se jogarmos os três.

Adrian: Vamos, vamos pegar seu boné e avisar Paula que vamos sair para o quintal.

molduras: Está bem.

(Eles vasculham o armário juntos)

Adrian: O que é isso? (Pega o chapéu e olha para ele com espanto)

molduras: O que? Você achou a tampa?

Adrian: Não, é um chapéu um pouco estranho.

molduras: A ver? (Pega o chapéu que o irmão Adrián lhe mostra)

Adrian: É macio e tem várias cores.

molduras: Sim é muito bonito. Vamos perguntar a Paula se é dela.

Eles saem de cena para procurar sua irmã. A cortina fecha.

A cortina se abre, os três irmãos estão juntos novamente.

molduras: Paula, olha o que encontramos no armário.

Adrian: É um chapéu colorido.

Paula: (pega o chapéu) Que estranho, de quem será?

Adrian: Não faço ideia, mas com certeza é perfeito para brincar de se vestir.

Paula: Eu primeiro!

molduras: Nada disso! (Pega o chapéu e o coloca)

Paula: Eu tinha pedido isso! Bem, então estou indo.

molduras: (fala com voz serena) Não se zangue, Paula, vou usar um pouquinho e depois deixo para você e para a Adri, acha? Além disso, é melhor jogar junto e se revezar do que lutar.

Adrián e Paula: (fazem uma careta por causa da explicação do irmão) Você fala igualzinho à mamãe!

molduras: (tira o chapéu) É verdade!

Paula: Deixa eu tentar, (põe o boné) Não estou mais zangado, é bobagem, é melhor irmos buscar os brinquedos.

Adrian: É um chapéu mágico! Quem usa pode falar como a mãe.

molduras: É perfeito! Seremos capazes de saber o que fazer em todos os momentos e, portanto, não ficaremos com tanta raiva.

Adrian: (põe o chapéu) Quando sairmos para o pátio vamos passar o protetor solar.

Todos: Este chapéu é incrível!

A cortina fecha.

A cortina sobe. As crianças são vistas na sala.

Paula: Foi ótimo brincar no quintal.

molduras: Sim, especialmente porque temos o chapéu.

Adrian: O que fazemos agora?

molduras: Já sei! Coloque seu chapéu e nós descobriremos.

Adrian: (coloca o boné mágico colorido) Acho que é hora de recolher todos os brinquedos da sala.

Marcos e Paula: Que rolo! Coloque seu chapéu novamente.

Adrian: (tira o chapéu e coloca-o novamente) Bem, se você não tem vontade de limpar o quarto, pode terminar o dever de casa e depois lavar as mãos, está quase na hora de comer.

Paula: Eu quero continuar jogando.

Adrian: Agora que penso nisso, este chapéu não é tão divertido.

Paula: Você sabe o que eu acho? Ser mãe e pai é muito complicado. Eles estão sempre fazendo as coisas e também cuidam muito da gente e se preocupam com a gente.

molduras: Tem razão.

Adrian: E se fizermos um desenho para contar à mamãe tudo o que a amamos?

Marcos e Paula: Que boa ideia!

Paula: Faremos todos juntos para que você possa ver que podemos fazer coisas sem lutar.

Os três irmãos vão até a sala fazer um belo desenho para mamãe. A cortina se fecha, o fim da peça. Esperamos que você tenha gostado muito!

Feliz Dia das Mães!

Mais peças para crianças

Você pode ler mais artigos semelhantes a Brinque com as crianças em casa no Dia das Mães, na categoria Teatro no local.

Vídeo: FIZEMOS 50 POTINHOS DE SLIME PARA A FESTA DE 10 MILHÕES DA MARIA CLARA E JP!!! (Outubro 2020).