Valores

'Meu amigo tem tudo e eu não' ou como as crianças manipulam seus pais

'Meu amigo tem tudo e eu não' ou como as crianças manipulam seus pais


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Onde está o limite do consumismo nas crianças? Quais são os truques usados ​​pelas crianças para conseguirem tudo o que desejam? Como podemos parar essa tendência? Pais e mães, cuidado com a expressão 'Meu amigo tem tudo e eu não' porque é uma frase com a qual eleOs filhos procuram manipular seus pais. Vamos parar com isso e ensinar as crianças a valorizar as coisas.

Mais cedo ou mais tarde, talvez como nós, nossos filhos um dia chegarão em casa e nos dirão que 'Meus amigos têm tudo (referindo-se ao celular de última geração ou ao novo console que acaba de ser lançado) e eu não'. As influências ambientais das crianças contam muito e mais quando elas começam a entrar na pré-adolescência e querem fazer parte de um grupo. O que os pais podem fazer nesses casos? O que responder a eles?

Antes de mais nada, é preciso ter muito cuidado com esse tipo de 'frase' porque as crianças têm grande poder de persuasão e, às vezes, sabem como nos manipular para conseguir o que desejam. Mas a principal mensagem que devemos passar é que você tem que curtir as coisas e não ficar o dia todo pensando no que tem ou não tem. Mas para que você possa enfrentar essa situação, aqui está uma série de estratégias e dicas que podem ser úteis!

- Primeiro, você pode aproveitar essa conversa para falar sobre o que é dinheiro. Quanto custa ganhar e quão importante é usá-lo corretamente.

- Você também pode falar sobre os valores com os quais mamãe e papai cresceram E que você deseja transmitir a eles e explicar a eles que mesmo que o resto da sociedade faça isso, você não tem que fazer porque não vai com a sua filosofia de vida.

- Faça-os ver que nem tudo está consumindo. Talvez já tenha um em casa e, embora não seja de última geração, pode ser útil e não está disposto a alterá-lo porque “outros o têm”.

- E por último, é sempre bom fazê-los entender que você está feliz por seus amigos / amigos, mas que Em sua casa você tem regras e critérios e deve segui-los. E que eles podem jogar com aquele celular ou console na próxima vez que se encontrarem com seus amigos.

'Até que ponto é bom dar às crianças tudo o que elas pedem?' Você provavelmente já se fez essa pergunta mais de uma vez ou ela criou algum debate entre você e seu parceiro. Nunca é bom dar às crianças tudo o que elas pedem, porque a única coisa que estamos fazendo com essa atitude é criando filhos infelizes, que não aprenderão a valorizar as coisas e, claro, não carregarão consigo o valor do esforço, da paciência e da persistência.

Muitas vezes caímos no erro de dar-lhes tudo o que nos pedem, porque tivemos uma infância com deficiências ou porque nos sentimos culpados por não passarmos tempo com eles ou, pior de tudo, oferecemos a eles sem que nos tivessem pedido. Fazendo isso, estamos comprando todas as cédulas para que não fiquem felizes.

Já que nossos filhos mostram suas cabecinhas e chegam a este mundo, os pais têm uma missão clara e um grande desafio: ensine-os a valorizar as coisas. Como fazê-lo?

- Aqui os adultos também têm que fazer seu próprio trabalho e isso é nós mesmos temos que dar o exemplo e temos que começar a valorizar as coisas.

- Por outro lado, temos que fazer as crianças ganharem coisas, Que vejam que não é tão fácil conseguir algo, porque só assim vão dar um valor, e um valor muito destacado. Você deve se esforçar e lutar por isso!

- Refletir e, acima de tudo, não pensar no que virá a seguir e aproveite as coisas que temos naquele momento.

Você pode ler mais artigos semelhantes a 'Meu amigo tem tudo e eu não' ou como as crianças manipulam seus pais, na categoria de Valores Mobiliários On-site.


Vídeo: LIVE - TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE - Dr FREDERICO PORTO (Dezembro 2022).