Valores

Existem palavras que doem mais do que uma ferida em crianças

Existem palavras que doem mais do que uma ferida em crianças



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A infância de nossos filhos só acontece uma vez, cada momento de suas vidas é único e irrepetível. Cada risada, cada abraço, beijo, cada refeição, história, jogo ou qualquer momento compartilhado com eles é uma marca que permanece em suas vidas.

Se mantivéssemos isso sempre em mente, talvez pudéssemos ser pais melhores para eles. E os pais que não medem suas palavras em relação aos filhos pensariam duas vezes ou mais antes de dizer algo a eles, principalmente em momentos de raiva, raiva, nojo ou cansaço. Não vamos rotular nossos filhos com palavras rudes como: 'Você é estúpido', 'mau', 'estúpido', 'desajeitado', 'covarde', etc. Lembre-se de que o abuso verbal também é violência para as crianças.

Quando você leva seu filho ao parque, à praia, à piscina, a restaurantes ou a algum outro lugar público, você tende a aprender muito com os outros pais, sejam eles bons ou ruins. Uma das coisas que mais me chamam a atenção é o que alguns pais dizem aos filhos quando suas ações não correspondem ao que os pais esperam. Há frases que convém evitar, mais do que tudo para não afetar a autoestima dos mais pequenos:

1- 'Você é insuportável'. 'Você é um chato'. "Você só me irrita." A criança pode ter essa opinião de seus pais como sua e pode sentir que ela não traz nada de bom para a vida de seus pais e que isso é apenas um problema para a vida deles.

2- ‘Não chore’. 'Você é um bebê chorão'. Se a criança chora é por alguma coisa e não porque é um bebê chorão. Não reprima as emoções de seus filhos, o melhor é ouvi-los e atendê-los, para que ele aprenda a expressar seus sentimentos com palavras e nem sempre com lágrimas.

3- ‘Você verá quando eu contar ao papai’, ‘Se você não se comportar bem ...’ Essas frases, além de representar uma ameaça, deixam um dos pais como um vilão. Não impõe o respeito dos filhos para com os pais e impõe muito medo deles.

4- 'Você é um burro', 'Você é um tolo', você nunca faz nada certo ',' Por que você não é como sua irmã '? Há crianças que acham mais difícil fazer coisas do que outras, mas isso não deve ser um fardo para elas. Comparar crianças com outras crianças, menosprezá-las, humilhá-las ou insultá-las, vai tirar seu desejo de fazer qualquer coisa e levar à depressão.

5- 'Você é um mentiroso', 'Não confio em você'. Essas frases fazem as crianças se sentirem inseguras e com medo. Os filhos sentem que não merecem a confiança dos pais.

6- 'Deixe-me em paz', 'Não me incomode', 'Pare de bobagens', 'Você é estúpido' .. Se você está ocupado, é melhor explicar para seu filho que você não vai terminar o que você é fazendo e isso você vai lhe dar atenção.

Antes de decir cualquier cosa a sus hijos, aunque te encuentres en un momento de rabia, de enfado o de disgusto, lo mejor es que respires hondo, cuente hasta 10 o 100 si es necesario, y luego te preguntes si es realmente necesario decirles algo neste momento. Suas palavras têm muito poder sobre seus filhos, não se esqueça.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Existem palavras que doem mais do que uma ferida em crianças, na categoria de abuso no local.


Vídeo: Remédios Psicológicos para Dores Emocionais - Dr. Cesar Vasconcellos de Souza (Agosto 2022).