Valores

As crianças são tolerantes. O experimento que prova isso

As crianças são tolerantes. O experimento que prova isso


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Você já se perguntou como as crianças veem a deficiência? Você vê isso como uma diferença? Eles tratam uma criança com deficiência de maneira diferente?

Um belo experimento faz os adultos reconsiderarem. Por que vemos uma criança deficiente com olhos diferentes? As crianças, neste caso, nos dão uma verdadeira lição de tolerância. Tolerância não é admitir de má vontade uma ideia diferente ou se comportar de maneira diferente quando confrontado com uma deficiência. Tolerar é sem dúvida observe as diferenças com os olhos limpos de uma criança: sem preconceito.

O experimento foi gravado por uma associação francesa que luta diariamente para quebrar os clichês e tabus que existem em torno de múltiplas deficiências. A associação é chamada Noémi, e não querem outra coisa senão fazer com que as pessoas mudem a maneira como vêem a deficiência. Para fazer isso, dizem eles, devemos seguir o exemplo das crianças.

O experimento reuniu pais e filhos diante de uma tela gigante. Nela apareciam pessoas que inventavam uma careta, um gesto engraçado ... Tanto pais como filhos tinham que imitá-los. Mas de repente, uma garota apareceu na tela, uma garota com paralisia cerebral, que improvisou uma careta bonita para eles. O que os pais fizeram? E filhos?

Quem é mais tolerante? Os pais que mudaram de atitude ao ver uma menina deficiente? Ou os meninos, incapazes de ver qualquer diferença nas características e no comportamento da menina deficiente? Porque uma coisa é respeitar as diferenças e outra, ter vergonha delas. Tolerância, que as crianças nos ensinam, é ver todos iguais. Apesar, é claro, das diferenças.

Você pode ler mais artigos semelhantes a As crianças são tolerantes. O experimento que prova isso, na categoria Títulos no site.


Vídeo: ASSÉDIO SEXUAL NA RUA - EXPERIMENTO SOCIAL (Outubro 2022).